Equilíbrio Emocional evita complicações na saúde física

  • 0
featured-mulheres11

Equilíbrio Emocional evita complicações na saúde física

O corpo humano possui uma espécie de conexão com a mente. Em situações de estresse ou ansiedade, o corpo pode reagir emitindo um alerta de que algo não está normal. Um evento estressante, por exemplo, pode elevar a pressão arterial. Períodos emocionalmente difíceis são capazes de debilitar o sistema imunológico, deixando-o mais suscetível a resfriados e outras infecções. Além disso, quando se está estressado ou ansioso, os cuidados com a saúde costumam deixar de ser prioridade, como praticar exercícios e fazer refeições nutritivas, o que acaba por debilitar ainda mais o corpo.

Se um ou mais dos sinais acima têm aparecido com frequência, converse com médico ou psicólogo. Avalie antecipadamente como está a sua rotina e se ocorrerem episódios que fugiram do habitual. Durante a consulta lembre-se de mencionar os sentimentos que você identificou. O médico será capaz de certificar se algum problema de saúde está causando esses sintomas físicos ou se podem ser causas emocionais.

Os sintomas abaixo costumam estar associados ao desequilíbrio da saúde emocional:

  • Mudança repentina no apetite
  • Insônia
  • Cansaço extremo
  • Impotência Sexual
  • Ganho ou perda repentina de peso
  • Dores de cabeça
  • Torcicolo
  • Palpitações (sensação de que o coração está acelerado)
  • Pressão arterial alta
  • Suor excessivo

Busque reconhecer suas emoções. Ao identificar o que está ocasionando tristeza, estresse ou ansiedade ficará mais fácil gerenciar sua saúde emocional.

  • Expresse os sentimentos de angústia, pois mantê-los escondidos pode fazer com que você se sinta mal. Se necessário, peça ajuda profissional de um médico ou psicólogo.
  • Viva uma vida equilibrada, não fique obcecado com os problemas de trabalho, da escola ou de casa. Isso não quer dizer que você precisa fingir estar feliz quando se sente estressado, ansioso ou aborrecido, mas procure se concentrar também nas coisas positivas que ocorrem na vida.
  • Seja resiliente, assim ficará mais fácil lidar com o estresse de forma saudável. Mantenha visão positiva de si, aceite mudanças e busque enxergar todas as perspectivas de um acontecimento, não apenas as negativas.
  • Reserve períodos para acalmar o corpo – aprenda métodos de relaxamento, como meditação e yoga, que são formas de equilibrar as emoções.
  • Tenha uma rotina regular de alimentação e preze por ingerir alimentos saudáveis. Durma o suficiente e exercite-se regularmente para aliviar a tensão. Evite excessos e álcool, que podem gerar outros problemas.

Espero que este artigo tenha valido a pena para você ou talvez para alguém que você conheça! Não se esqueça de deixar seu comentário! Sinta-se à vontade caso queira compartilhar esse conteúdo em suas redes sociais!

Grande abraço!


  • 0
images

Você sabe o que é serotonina e quais são seus efeitos em nosso corpo?

O que é a serotonina?

A serotonina é mais comumente conhecida como um neurotransmissor, embora alguns considerem esse processo químico como sendo um hormônio. É principalmente encontrada no cérebro, intestinos e plaquetas sanguíneas. Ela é conhecida principalmente por

“Read More”


  • 0
Psicoterapia

Será que o Coaching é para mim? 3 condições para responder SIM!

Muitas pessoas pensam que o coaching serve apenas para ajudar profissionais, líderes, gente que está trabalhando em empresas e por aí vai.

Sim, o coaching também é direcionado à necessidades no campo profissional, tanto de clientes individuais quanto de grupos e equipes, contudo a abrangência do coaching é muito mais ampla e versátil que essa!

Em primeiro lugar o coaching é um processo que visa mudanças significativas na vida do cliente no AQUI e AGORA, sejam essas mudanças no campo profissional ou pessoal.

Em posse desse conhecimento, com certeza você já consegue vislumbrar e entender melhor se você está apto ou não a fazer parte de um processo de coaching. Certo?! Então, sem mais delongas, aí vão as três condições básicas e importantes que farão você ter certeza absoluta de que caminho seguir quando se trata desse “bicho” do coaching:

“Read More”


  • 0
dependencia-emocional

Dependência emocional: 5 formas para ser menos dependente

A dependência emocional acontece quando alguém depende de outro para ser feliz, para se sentir bem, para se sentir amada, para tomar suas próprias decisões. Pode ser um sofrimento leve e quase imperceptível ou até um transtorno mental que exige tratamento. O começo da mudança acontece quando a pessoa consegue se valorizar. Como diz Osho: “Se você é capaz de ser feliz quando está sozinho, você aprendeu o segredo de ser feliz”.

O que é dependência emocional?

Segundo a Mental Health America, uma associação americana sem fins lucrativos, “a co-dependência ou a dependência emocional é uma condição emocional ou comportamental que afeta a habilidade do indivíduo

“Read More”


  • 0
amizade

Amizade faz bem a saúde!

Em busca de uma vida melhor, muitas pessoas gastam dinheiro com livros de autoajuda, horas em sessões de terapia e consultas médicas e até em remédios naturais. Mas existe uma poderosa – e gratuita! – arma secreta que pode ajudar a combater doenças como a depressão e ainda diminuir o envelhecimento precoce: os amigos! De acordo com a publicação Madame Noir , diversos estudos conduzidos ao redor do mundo têm indicado

“Read More”


  • 0
autismo-1024

Tudo que você precisa saber sobre o Autismo

O que é Autismo?

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida e compromete as habilidades de comunicação e interação social.

Por ser um distúrbio com diferentes níveis de comprometimento, recebe o nome de “espectro autista” – para entender melhor, imagine um dégradé, que vai de cores muito escuras, em que se encontram os casos mais graves, até os tons mais claros.

Apesar de os sinais do transtorno variarem, há três comprometimentos que são considerados mais comuns. O primeiro é na interação social, ou seja, no modo de se relacionar com outras crianças, adultos ou com o meio ambiente. “Uma das teorias que explica esse comportamento afirma que o autista tem dificuldade de entender o outro e de se colocar no lugar de alguém. Não compreende sentimentos e vontades, por isso se isola”, afirma Daniel Sousa Filho, psiquiatra da infância e da adolescência (SP).

O segundo sintoma recorrente é a dificuldade na comunicação: há crianças que não desenvolvem a fala e outras

“Read More”


  • 0
mulher-pos-parto

Depressão pós-parto em 6 passos!

A depressão pós-parto é surpreendentemente comum. Estima-se que ela afete entre 10 e 20 por cento das mulheres que tiveram bebê. Os sintomas incluem ansiedade, falta de energia e mudanças no padrão de sono e de alimentação.

Depressão é uma doença como outra qualquer, que exige tratamento, incluindo remédios e terapia. Acima de tudo, depressão pós-parto não é culpa da mulher, nem significa rejeição ao bebê.

1 – O que é a depressão pós-parto?

“Read More”


Agende a sua pré-sessão gratuita. Atendemos à domicílio, online e em consultório. Clique em agendar e envie sua solicitação.